quinta-feira, 9 de julho de 2009

My Hero


As vezes a gente tenta entender o motivo de um lado ser ruim e o outro ser bom... a constante balança que faz tudo ser perfeito(?), os motivos de certas pessoas terem atitudes erradas... os motivos de nós mesmos termos atitudes erradas.
Eu tenho um herói... ele não usa capa... nem um brasão no peito... está longe de ser o super-homem... seus poderes? Humpf... quem é super homem perto do meu super herói?!
O meu super herói tem um sorrizo que hipnotiza... um olhar doce e meigo que entrega toda a bondade do mundo nas minhas mãos... e um abraço tao forte que consegue destruir qualquer coisa ruim dentro de mim.
O meu super herói erra... e ele nao é perfeito... mas ele é ideal para mim. A unica coisa que me destrói é saber que o ponto fraco dele... é ele mesmo... nao sou eu... nem a criptonita...
Um pouco Batman... um pouco eu... um pouco ele...
Mas mesmo assim... eu ligo o meu holofote todas as vezes que eu preciso dele e espero que ele veja no ceu o meu pedido de socorro... as minhas promessas de amor... a que eu tenho nele... e na força que ele tem para mudar o mundo ( o meu mundo e o mundo dele).

3 comentários:

Renata Caldeira disse...

Tenho o privilégio de conhecer bem essas duas pessoas maravilhosas... =)

E Tchelo, lindo seu texto! Saudade demais de vcs!

cristiano bueno disse...

e vc é minha lois lane versão masculina.

e faz parecer sempre que o super-herói sou eu pra esconder sua identidade secreta de super-herói.

=D

te amo.

Murillo Rodrigues disse...

Lindo,lindo,lindo!Aboslutamente romântico, passional, bem escrito e desejável.O melhor do mundo pra vcs!